Fechar
Eu preciso mesmo desse produto-
Muitas vezes olhamos aquele produto maravilhoso, que todo mundo fala bem e que não ter um é um insulto para nós. O que sempre pensamos é: Eu preciso! Mas será que isso é verdade?
Em alguns e-mails que eu recebo, várias leitoras se queixam de certos produtos milagrosos que não fizeram milagre nenhum por elas. Juntamente com essas queixas, elas dão uma rápida descrição dos seus cabelos e, apesar da pouca informação dada, eu percebo que aquele cabelo não precisava do produto que foi usado. A grande parte da culpa está nas informações mal compartilhadas, afinal, um produto não pode ser bom para todo mundo uma vez que cada pessoa tem um cabelo diferente e junto a isso cuidados diferentes.
 
Vamos tomar como exemplo o Help dos Cabelos mesmo. Esse blog é escrito por mim, Diana, que tenho cabelo quimicamente tratado com tioglicolato a cada 3 meses, uso coloração com 30 a 45 dias de intervalo, uso secador e chapinha. Daí podemos entender que o meu cabelo é poroso. Essa porosidade se dá pelos procedimentos que fazem com que as cutículas dos meus fios se abram para que o alisamento ocorra e para que os pigmentos da coloração entre. O secador e a chapinha são procedimentos mecânicos que agravam a situação das cutículas dos meus fios, desgastando-as mais rapidamente.
Só pela descrição, dá para saber que o meu cabelo necessita de cuidados específicos como: reconstrução mensal, nutrição e hidratação. Os produtos que eu uso devem ter uma concentração elevada de ativos, característica essa que encontramos em produtos de uso profissional.
Sabendo disso, podemos chegar a conclusão de que um cabelo virgem dificilmente se adequará aos produtos que eu uso, uma vez que ele não precisa usar produtos mais power para o cabelo ficar saudável, na verdade, o uso desses produtos ocasionará o efeito contrário nas madeixas que ficarão sobrecarregadas de ativos. Se levarmos em consideração fatores como o tipo de água usada, o clima e as formas e tipos do fio de cabelo, essa diferença cresce ainda mais.
É por essas e outras coisas que nas minhas resenhas eu procuro sempre indicar a situação atual do meu cabelo, além de, sempre que possível, usar os produtos testados em mais de um tipo de cabelo, para dar uma opinião mais ampla sobre produto.
O sucesso para minimizar as chances de gastar dinheiro a toa com um produto é tentar reunir o máximo possível de opiniões sobre ele, mas a pergunta maior que deve ser feita por nós mesmos é: Eu preciso desse produto ou é apenas o meu lado consumista falando?
Beijos!
Tags Dicas do Help

8 Comentários

  1. Ihh, gata, acho que aconteceu isso comigo, ainda bem que foi baratinho (R$23,60). Precisava de dicas de hidratação, pois só tinha reconstrução e nutrição, aí comprei o verdinho da Amend com D’Pantenol e Manteiga de Karité, nossa, parece que passei um pote de manteiga mesmo, meio grudadinho, acho que pra mim tem que ser mais leve, tipo semi de lino(fica bom), mas a gente só descobre testando.

  2. Diana

    excelente post! Eu vejo muita gente usar certos produtos pq “ta na moda” e pq “é bom” sem nem procurar saber pra que serve. Ja vi gente de cabelo virgem usar cpr so pq ” é sa sencience entao é bom” e logico q o resultado foi desastroso nesse caso rs

    amei o novo layout

    bjos

  3. adorei o post, explicadinhooo assim, gasta dinheiro quem quer agora. Muitas vezes eu mesma saí comprando td só pq era a sensação do momento e senti q em alguns produtos, o cabelo estava ficando mais feio, rsrsrs. Ainda bem, q existem vc´s para nos esclarecer sobre a cabeleira.

  4. Olá, é a primeira vez que entro no seu blog, adorei!! Vi o post sobre o defrizante da relaxima, é o que eu uso, tô em dúvida se compro o Vita Ciment ou não, tem diferença visual no cabelo com os dois termos? Ou sai 6 por meia-dúzia na durabilidade da escova??? =)
    Ahh..e se não for abusar muito, Tô deveras necessitada de saber mais sobre o shampoo force vector, continua gostando dele?? Ele enrigesse os fios no bom sentido…encorpando? Tô em dúvida se compro máscara age densiforce ou shampoo force vector pra engrossar a cabeleira =/ Beijooos

  5. oi. Resolvi hidratar meus cabelos, ainda não realizei esta tarefa. Gostaria antes de uns conselhos…MEUS CABELOS SÃO ALISADOS COM TIGLICOLATO, FAÇO HÁ 2 ANOS MAIS OU MENOS 2 OU 3 VEZES NO ANO, E NUNCA PINTEI ELE. MESTAVA TUDO BEM, MAS ELE ANDA SEM GRAÇA… SECO, E AQUELAS PONTAS QUE DIZEM- SOU ALISADO. Podes, dar-me umas dicas de como hidratar? produto? qtas x por mês?/Abraço e obrigada. Francine- franevaldt@hotmail.com

  6. Anônimo,

    Entre o Relaxima é o Ciment há diferença visual sim. O Ciment Thermique deixa um brilho muito bonito nos fios, o relaxima também, mas com o tempo acho que o Ciment ganha nesse aspecto. Acho que o Ciment aumenta a durabilidade da escova, coisa que o relaxima comigo não faz.

    Sobre o shampoo Force Vector, continuo amando muito, ele é ótima para cabelos secos, acho que da uma encorpadinha nos fios, mas no entanto ele é um shampoo e sozinho não faz milagre. Bom, acho que a máscara age eu nunca usei, mas não ouço bons comentários sobre ela. =/

Comenta, cabelete ;)