Fechar
Tratamentos

O meu cabelo emborrachou: Devo ir ao Dermatologista?

dermatologista

O cenário é o seguinte: Você está em um salão de beleza e, de repente, sofre um corte químico, que é quando o seu cabelo fica emborrachado e começar a se desfazer. A fibra capilar recebe uma dose de química maior do que ela suporta e se rompe. Isso pode acontecer também se houve choque entre duas químicas incompatíveis.

Na maioria das vezes, você nem percebe o ocorrido quando está no salão. Acha que o cabelo que caiu no lavatório é normal, acha que a ardidinha no couro cabeludo não foi lá grande coisa… Mas aí você chega em casa e tem feridinhas na sua cabeça, o seu cabelo está caindo horrores só de passar a mão. Mas você acabou de sair de um salão, como pode ter acontecido isso! A única saída então é procurar um médico: Vamos, então, a um Dermatologista.

Chegando ao Dermato, ele passa um shampoo para tratar o couro cabeludo, receita um Pill Food, Pantogar  ou algum suplemento vitamínico. Você chega em casa feliz, você vai recuperar o seu cabelo! Mas com o passar do tempo você nota que seu couro melhorou, mas seu cabelo não. Tem fios novos nascendo, mas o seu cabelo ainda está super ressecado e elástico.

E agora, cabeletes? 

Daí surge a dúvida: Fui no salão e sai de lá com o cabelo detonado. Fui ao Dermatologista, mas não estou totalmente satisfeita com o estado dos meus fios. Qual é a saída? Essa é simples: Você deve ir a um Tricologista!

Chegando ao tricologista, ele vai fazer a análise completa do seu couro cabeludo e fios. Esse profissional vai te indicar um tratamento completo, seu couro vai ficar ok, seu cabelo também. Isso porque ele é um especialista no cuidado dos fios.

Há 3 tipos de Tricologistas

O Tricologista Médico, que geralmente é um médico dermatologista especializado em tricologia. Esse profissional é considerado o mais completo, pois, por ser médico, ele pode prescrever medicações, se for necessário.

O Tricologista Cosmético já é mais voltado para clínicas estéticas especializadas. Apesar de não poder prescrever medicações, ele pode fazer aplicações de dermo cosméticos e vários tratamentos para qual ele tenha sido devidamente treinado.

E por fim tem o Terapeuta Capilar que pode atuar em clínicas de estéticas ou em salões de beleza. Muitos cabeleireiros podem se especializar em tricologia voltada a sua profissão. Com essa especialização, ele pode fazer diagnóstico da fibra capilar de forma mais assertiva, aprende a dialogar com cliente para saber seu histórico de químicas,  se capacita para aplicar dermo cosméticos entre várias terapias capilares. Particularmente, eu acho esse profissional muito importante em salões, pois ele evita que situações como a que eu descrevi no início do post sejam evitadas. Como ele não é um médico, não pode prescrever medicação, mas já vai poder te encaminhar melhor em seus problemas capilares.

O caminho mais fácil é o caminho correto. 

Deu para notar como a curva é mais curta se você for diretamente para um profissional especializado em seu problema? Sinceramente, eu acho que um bom cabeleireiro só tem a ganhar ao fazer uma especialização em tricologia.  É claro que, dentro da área de cabeleireiros existem vários tipos de especialização também, mas a tricologia deveria ser encarada como uma das principais especializações. Esse conhecimento iria minimizar o risco de cortes químicos, iria melhorar o relacionamento com o cliente e no final todo mundo iria ser feliz.

Eu sou uma apaixonada por cabelos e penso em um dia trabalhar na área profissional de cabelo voltada para tratamentos e recuperação de fibra. Com certeza, a tricologia seria a minha primeira especialização. Quem entregaria os cabelos em minhas mãos? Kkkkk!

Bom final de semana, cabeletes!

Tags Dicas do HelpO Help Responde

2 Comentários

  1. Ola Diana…A minha pergunta não é muito relacionada á esse post!
    É sobre como você atingiu o comprimento grande e saudáveis dos seus cabelos apos o corte químico sofrido á quatro anos atras .
    Bom,eu tenho os cabelos um pouco acima dos seios,e como sempre digo em meus comentários,eu saí da guanidina á seis meses e uso a Néctar Princess á um mês.
    Mas apesar da aparência cheia e bonita das minha pontas,de perto vejo pontos brancos nelas devido á outra química.(Alias já li a um tempo atras uma matéria do seu blog sobre isso)

    A pergunta é : Você eliminou esses pontinhos brancos para que seu cabelo crescesse ? ou eles conseguiriam crescer mesmo com elas ?

    Beijos,e sucesso! Seus posts me ajudam muito ,ate mesmo pela semelhança do tipo de cabelo e da historia que tenho .

    1. Oi, Cintia.

      Não teve segredo, eu tratei muito os meus cabelo, mas ao mesmo tempo eu sempre cortei bastante. Não fiz um corte radical na época, mas fui cortando até toda a parte da química sair. O que dá para fazer é melhorar um pouco a aparência do cabelo danificado, mas não tem muita mágica, sabe?
      Sobre os pontinhos, eu não os tirei de cara. A medida que o cabelo ia crescendo eu ia cortando até que eles sumiram.

      Bjos!

Comenta, cabelete ;)