Fechar
Química Capilar

Química x Crescimento Capilar: Como fazer para dar certo?

quimica_crescimento_temcomodarcerto

Olá, Cabelete! Como você está hoje? Eu gostaria de te fazer Uma pergunta: qual é a sua opinião a respeito de Crescimento Capilar em cabelos com química? Será que tem jeito dessa união dar certo? O que acha de chegarmos a uma conclusão juntas? Você topa? Então vamos lá!

Sabemos que, fazer aplicação de química no cabelo ajuda muito na auto-estima feminina. A liberdade de ter o cabelo da forma e cor que queremos nos dá uma sensação de prazer e de poder incrível! No entanto, temos que convir que nem tudo são flores nessa dinâmica da mudança de textura do cabelo, concorda? Muitas vezes acabamos com cabelos curtos, ralos, sem vida, e o pior: sem o resultado esperado!

Isso já aconteceu comigo. Inclusive, esse episódio foi tema do post Desastre Capilar, onde eu relatei a dor de ter o cabelo caindo sem parar. Às vezes paro para ler essa postagem e fico emocionada. Mas, embora tenha sido doloroso, eu já tinha vivido vários momentos fatídicos com o meu cabelo. São coisas da vida, não é? Mas isso não quer dizer que a gente precisa se conformar.

Com certeza, você já deve ter ouvido falar que para ter um cabelo longo você tem que parar de fazer química, mas saiba que isso não é totalmente verdade. É claro que, se você não agredir seus fios com químicas e deixá-los virgens, com certeza o seu cabelo crescerá muito mais rápido. Mas, se por algum motivo, você precisa mesmo usar alguma química, a regra básica para ter um cabelo longo e saudável nesse caso é:

Usar apenas UMA química e fazer a sua correta manutenção. Essa regra vale para qualquer tipo de procedimento químico usado. Isso porque o cabelo que passa por vários processos químicos tem o seu crescimento sabotado por vários motivos, mas os principais são:

Choque de Química: Ocorre quando duas químicas com princípios incompatíveis são aplicadas no cabelo. Isso causa uma reação exagerada nos fios, causando quebra e o emborrachamento da fibra capilar. O cabelo perde a elasticidade natural e muitas vezes fica até irrecuperável. Não tem como o cabelo crescer nesse estado, a solução definitiva é o corte, mesmo existindo alguns tratamentos que possam ajudar a melhorar o aspecto do cabelo.

Curto tempo de pausa entre uma química e outra: Se tem uma coisa que vicia é a química, você concorda? Quando a raiz começa a aparecer se diferenciando do resto do cabelo o nosso instinto é acabar logo com ela. Entretanto, pausas curtas são muito perigosas, pois não há comprimento de raiz suficiente para fazer o retoque sem sobrecarregar a parte que já foi processada quimicamente. Isso gera muita quebra nos fios, deixando o cabelo ralo. Nesse caso, pode até ser que o cabelo cresça, mas o resultado certamente será pontas ralas e sem vida. Vamos combinar que isso não vale à pena. Não mesmo.

O Uso de muito secador e chapinha: Quando a química não dá certo ou quando não atinge 100% do resultado proposto (como em um alisamento), por exemplo, passamos a usar o secador e a chapinha com mais freqüência. O que não seria tão prejudicial em um cabelo virgem, que tem as cutículas mais inteiras. Muita quebra e ressecamento vem dessa prática. E cabelos ralos e sem vida é tudo o que não queremos.

eu posso realizar!

Agora que sabemos as principais causas do cabelo com química ter o seu crescimento sabotado, é hora de fazer uma análise pessoal sobre o que queremos e o que estamos dispostas a fazer para ter o cabelo que tanto sonhamos. Qual é o seu ideal de cabelo perfeito? Você tem coragem de abrir mão da chapinha por ele? Ou do alisamento? Ou de uma super descoloração?

É importante analisar o real benefício que cada química que você faz te proporciona. Por exemplo, se você faz alisamento ou escova progressiva e mesmo assim usa chapinha, está na hora de ver o que está errado. Afinal, se você ainda usa chapinha é porque não atingiu o liso desejado e acaba agredindo o cabelo novamente. Acredite, no final, tudo isso conta.

Mas calma, nem tudo são perdas! Eu mesma abri mão de muitas coisas em busca do meu sonho de ter cabelos saudáveis, da forma que eu queria. Por causa da disciplina que eu tive, hoje eu posso até ousar, tanto é que comecei a fazer pequenas descolorações. No entanto, estou ciente dos meus riscos, ciente do outro lado da moeda que acompanha a química que uso.

Quando você conhecer o seu cabelo, finalmente vai chegar a hora de passar para outro nível cheio de possibilidades. Talvez você não saiba como fazer para chegar até esse nível, mas não se preocupe, pois eu estou disposta a compartilhar tudo o que eu sei e o que até hoje me proporciona ter o cabelo que eu sempre sonhei. Basta ficar ligada em minhas redes sociais: Youtube, Facebook, Instagram e SnapChat. Sempre que um post novo for ao ar, você será notificada, e assim não vai perder nada!

Eu vou ficando por aqui, mas quero que você deixe nos comentários suas dúvidas e sugestões. Essas informações foram úteis para você? O que você tem feito para tornar o seu cabelo melhor? Eu quero saber, heim!

Bjos!

Tags crescimentoProjeto Rapunzelsaúde capilar

6 Comentários

  1. De todas as blogueiras do universo cabalístico,sem duvidas que voce é a que eu mais me identifiquei com a textura do cabelo,a que mais me auxiliou com experiências e também a que mais me emocionou ao ler o posto sobre o desastre capilar .?
    Hoje passou-se cinco meses desde a quebra desenfreada do meu cabelo ,o que resultou em uma franjinha indesejada e inesperada,um corte quimico bem cruel?….Agora ,meu cabelo tomou uns 4 dedos de cumprimento nessa frente,e nesse período me “alimentei”de tudo o que eu podia sobre assunto de cabelo.
    Me identifico nesse post ,pois já e a segunda vez que aplico a Nectar Princess na minha raiz,mas nao consigo alcançar o liso…so mesmo uma facilidade ao escovar,o que me faz prosseguir em escavações+chapinha uma vez por semana..?
    Espero que isso melhore daqui a um mês na próxima aplicação,pois gosto muito do efeito que essa escova da em relação a danos,ou seja:quase nenhum.??
    Seu blog e tudo de bom!❤❤❤
    Beijos?

  2. Fico horrorizada qndo leio jos comentários q alguem faz alisamento/relaxamento + EP e ainda assim usa prancha no cabelo (as vezes duas ou tres vezes por semana ?). Gente só EP ou só alisamento/relaxamento nao alisar 100% é uma coisa (q deveria ser contornada soh com escova e nao chapinha), mas usar duas químicas de alisamento juntas e ainda depender de prancha eh suicídio capilar (e dos beeemmm burros, pq passou da hora de trocar de quimica ou abandonar pelo menos 1 e ai sim manter na quimica + escova).
    Cabelao saudável é lindo (apesar d q ando amando loucamente o meu mais curto e nunxa mais parei de cortar depois q tomei gosto ha 3 anos); mas cabelo comprido de ponta rala me dah náuseas e ponto! Aaamooo meu descolorante, logo estou pronta pra sempre cortar o pelo menosum pouco, pra manter a integridade. Lembra aquela materia da Carla com aquela foto horrenda do cabelo precisando de corte?! Até hoje aquilo me da pesadelos…
    Post MARA, Di!

    1. OI, Esther.

      Se ainda ficasse no post da Carla, mas a realidade é bem essa. Apenas uma pontinha de cabelo ralo, porém longo. E sobre o comprimento, eu também não acho que só o longo é bonito, mas é o tipo de cabelo que a maioria das mulheres querem, até porque muitas não sabem cuidar e eles nunca crescem.

      Fico feliz que você tenha gostado do post.

      Bjos!

  3. muito bom, Diana, Percebo que meu cabelo era mais difícil de crescer quando eu fazia alisamento com tioglicolato, tanto é que ainda tenho um pouco nas pontas e elas quebram muito e formam bolinhas. Tô querendo cortar bem pra tirar logo isso e deixar todo com EP. Como o tio não deixava o cabelo bonito e com balanço, eu tinha que ajeitar sempre com chapinha ou secador. Isso que danificava ainda mais.
    bjos, Diana

Comenta, cabelete ;)